Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital

400
Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital
Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital


Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital: José Alves da Cruz, 48 anos de idade, ferido a golpes de faca no último domingo (26) em Serra do Mel durante uma confusão, não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no início da tarde desta quarta feira 29 de janeiro de 2020, no Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, região Oeste Potiguar.

As informações repassadas pelo sargento Valdemir, comandante do destacamento da PM naquela cidade, são de que José Alves se envolveu em um confusão numa lanchonete na Vila Brasília e durante o desentendimento ele acabou sendo furado duas vezes, pelo acusado Hugo Cezar Bezerra Izidro que foi preso em flagrante pela PM.

Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital
Homem ferido a golpes de faca em Serra do Mel não resiste e morre no Hospital

A Polícia não informou sobre a motivação da confusão que acabou em morte. A principio Hugo Cezar foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, mas agora ele será autuado por homicídio, já que a vítima acabou morrendo em consequência das facadas sofrida.

Polícia Civil prende homem por falsificação de moeda e documentos em Natal

O corpo de José Alves da Cruz foi examinado no final da tarde de quarta feira, Instituto Técnico Científico de Perícia (ITEP) e liberado para os familiares providenciarem os procedimentos de velório e enterro. Este foi o primeiro caso de homicídio registrado este ano em Serra do Mel.

A policia ainda nos informou que a pessoa de Hugo Cezar Bezerra Izidro, será encaminhado ao presidio de segurança máxima de Nísia Floresta, onde irá ficar preso, pelo crime que comeu contra este popular, ainda segundo informações o elemento ainda não tem nenhuma passagem pela Policia, fato que poderá facilitar a sua soltura muito em breve. A família da vitima espera que a justiça venha ser feita.

FONTE: FIM DA LINHA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui