Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população

1930
Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população
Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população

Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população: Um médico de hospital de Wuxi (Jiangsu, China) publicou imagens chocantes dos pulmões de um fumante que morreu aos 52 anos. A vítima fumou um maço de cigarros por dia durante 30 anos.

Em vez da coloração rosa, os pulmões apresentavam tom de carvão e estavam extremamente inflamados. O paciente se identificava como doador de órgãos, mas, de acordo com o médico que cuidou do caso, Chen Jingyu, nada pôde ser aproveitado.

Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população
Imagens dos pulmões de fumante por 30 anos choca população

As imagens se tornaram públicas como parte de uma campanha na China contra o tabagismo. Elas são acompanhadas da hashtag “jieyan” (pare de fumar, em chinês). Um vídeo registrando a retirada dos pulmões foi visto mais de 25 milhões de vezes nas redes sociais chinesas.

“Muitos fumantes na China têm pulmões como estes”, disse Chen, de acordo com o “Metro”.

Globo quer captar R$ 1,25 bilhão em empréstimos no exterior

Mais de um quarto da população (325 milhões) da China é formado por fumantes. Segundo a OMS, o consumo de tabaco mata 7 milhões de pessoas no mundo a cada ano. O ministério da saúde faz um alerta para fumantes de todo pais, no intuito de preserva a saúde da população que é usuário de produtos com nicotina., alem disso empresas de cigarros foram obrigadas, a colocar em seus rótulos alguns casos de usuários, que atrairão inúmeras doenças através do cigarro.

Infelizmente, mesmo com todas as campanhas de prevenções em torno dos produtos, o numero de fumantes no Brasil só tem aumentado nos últimos anos, mais o governo afirma que seguirá com a campanha de prevenção, através do ministério da saúde, com campanhas publicitarias, e palestras por todo pais, alem de incentivo a ONG que trabalho com a recuperação desse tipo de usuários.

Fonte: Jornal Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui