Conecte-se conosco
 

Politica

Paulo Guedes, anuncia o fim do Bolsa Família

Publicados

em

Paulo Guedes, anuncia o fim do Bolsa Família

Paulo Guedes, anuncia o fim do Bolsa Família : O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou o fim do Bolsa Família que será substituído pelo programa Renda Brasil, e não é só isso, o novo projeto do governo deve unificar vários programas sociais como o auxílio emergencial de R$ 600.

Embora o governo tenha anunciado a mudança, ainda não se sabe como o Renda Brasil vai funcionar, nem quais serão as regras para participação, e quando será feita a transição de programas.

No entanto, Guedes afirmou que 38 milhões de pessoas que estão cadastradas no auxílio emergencial poderão receber o novo benefício. A previsão é que aconteça uma ampliação para trabalhadores informais, ambulantes, diarista e outros trabalhadores que não possuem carteira assinada.

Valor do Renda Brasil e condições para receber
De acordo com declarações do ministro Paulo Guedes, o Renda Brasil irá aproveitar a base de dados do Auxílio Emergencial e deve também ser baseado no valor do benefício. Caso isso realmente aconteça, o novo programa deve ter parcelas entre R$ 600 e R$ 300, o que representa um aumento no valor médio do Bolsa Família que é um pouco menos de R$ 200.

Paulo Guedes, anuncia o fim do Bolsa Família

Paulo Guedes, anuncia o fim do Bolsa Família

Além disso, também é uma possibilidade que novas regras trabalhistas sejam consideradas para os pagamentos do Renda Brasil, levando em conta que o ministro citou as mudanças nas leis trabalhistas e na CLT durante anúncio de mudança de programas.

Outra alteração que deve acontecer e a unificação de diversos programas sociais em um só, pois a econômica do governo já declarou que vê muitos deles como ineficientes, daí propõem rever políticas sociais como a farmácia popular, o seguro-defeso e o abono salarial.

Dados do programa Bolsa Família
Atualmente o custo do programa Bolsa Família aos cofres públicos representa menos de 3% do investimento federal e 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

O programa tem o objetivo de garantir direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde de famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, de forma com que consigam superar a situação de vulnerabilidade social.

São consideradas famílias extremamente pobres aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, já as famílias pobres são as quem recebem renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.

Já Leu? Governadora sanciona Lei que institui delegacia virtual em defesa das mulheres

De acordo com informativo no site da Caixa Econômica Federal, as famílias pobres participam do program desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Além disso, para se candidatar no Bolsa Família, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com todos os dados atualizados há menos de 2 anos. Estima-se que em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo programa.

COVID-19

O novo coronavírus – Covid-19 – não escolhe suas vítimas, todos estão sujeitos e suscetíveis ao contágio, por isso siga as orientações da OMS – Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde e proteja-se. FIQUE EM CASA!!!

Cuide-se para não se tornar mais uma vítima da Covid-19

Gostou do nosso poster? Então curta nossa pagina no Facebook e fique sempre bem informado: Blog Pendências News

Continue Lendo
Propaganda
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending